março 03, 2013

Onde Comprar Meu Carro, Brasil ou Argentina?


Onde convêm mais comprar o meu carro
? Está explicado porque comprar carro na Argentina sai mais barato que no Brasil, e não é pouco mais barato não, é muito mais barato. Quase o dobro do valor. Veja as diferenças e o por que.







Eu não sei por que na Argentina não é tão caro, mas eu sei por que no Brasil é esse absurdo. Como existe menos concorrência, os valores aumentam, mas no caso do Brasil, é gritante. As empresas podem subir o valor a um número absurdo, porque, no final o brasileiro paga, não importa quanto cobrem.

O Brasil fica em primeiro lugar como o país com os carros mais caros do mundo. Os mesmos modelos de qualquer carro, na Argentina custam metade do preço.

Depois que descobri isso, tirei as férias para viajar para a Argentina com o intuito de comprar o meu carro lá. Comprei e voltei dirigindo. 

Quando chega no Brasil, depois de 3 meses já não pode circular com placa estrangeira, então é preciso passar a documentação toda pro Brasil. Isso custa uma grana alta, mas ainda assim compensa mil vezes mais comprar na Argentina.

Você pode usar seu carro argentino, no Brasil por três meses, mas recomendo já logo no primeiro mês começar o processo de troca de documentação, para evitar transtornos.  


Marcas e modelos mais baratos na Argentina:
Ferrari, 458, California, F599 GTO, Honda, Hyundai, Jac Motors, Farrari, Ford, carro alemão, Iveco, jaguar, jeep, Jinbei, Kia, lamborghini, Land Rover, Lifan, Mahindra, Maserati, Mercedes-Benz, MG Motors, Mini, Mini Cooper, Mitsubishi, Agrale,Marruá, Aston Martin, DB9 Volante, DBS Coupe, DBS Volante, Rapide, V12 Vantage Coupe, V8 Vantage Coupe, V8 Vantage Roadster, Virage, Audi A1, A3, A4 Avant, A4 Sedã, A5, A7, A8, Q5, Q7, R8, R8 GT, RS 3 Sportback, RS 5, TT Coupé, TT Roadster, Bentley, Continental Flying Spur, Série 7 Sedã, X1, X3, Fusion, Ka, New Fiesta, New Fiesta Hatch, Ranger, Transit, Courier, Eco,
X5, X6, Z4 Roadster Continental Supersports Coupé, BMW, Série 1, Série 1 Cabrio, Série 1 Coupé, Série 1 M, Série 3 Cabrio, Série 3 M3 Coupé, Série 3 M3, Sedã, Série 3 Sedã, Série 5 Gran Turismo, Série 5 Sedã, Changan, Chana Cargo, Chana Family, Chana Utility, Chery, Cielo Hatch, Cielo Sedan, Face, QQ, S-18, Tiggo, GM/Chevrolet, Agile, Astra, Hatch, Astra Sedan, Blazer, Camaro, Captiva, Celta, Classic, Cobalt, Corsa Hatch, Corsa Sedã, Cruze, Cruze Sport6, Malibu, Meriva, Montana, Omega, Onix, Prisma,S10, Sonic, Spin, Trailblazer, Vectra, Vectra GT, Zafira, Chrysler, 300C, Town & Country, Citroën, Aircross, C3, C3 Picasso, C4, C4 Pallas, C4 Picasso, C5, C5 Tourer, DS3, DS5, Jumper, Xsara Picasso, Dodge, Journey, Effa, Effa Hafei Furgão, Effa Hafei Picape Baú, Effa Hafei Picape Cabine Dupla, Effa Hafei Picape Cabine Simples, Effa Hafei Van, Effa M100, Fiat, 500, Bravo, Doblò, Doblò Cargo, Ducato, Fiorino, Freemont, Grand Siena, dea, Linea, Mille , Palio, Palio Adventure, Pal,o Weekend, Punto, Siena EL, Strada, Uno, Ford, Courier, EcoSport, Edge, F-250, Fiesta Rocam Hatch, Fiesta Rocam Sedan, Focus Hatch, Focus Sedan, Fusion, Ka, New Fiesta, New Fiesta Hatch, Ranger e Transit.


15 comentários:

  1. Como acontece todo o processo? Compra a vista em pesos (pois imagino que não existe a possibilidade de prazo) procede o processo de emplacamento e registro (mesmo sem residência fixa na Argentina)? Não tem imposto de importação? E como se dá o processo de registro no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que residir na Argentina, mas não é difícil. Pra quem mora perto da fronteia é fácil, pra quem mora longe é o seguinte, como não precisa de visto nem de motivo pra morar na Argentina, tú tira a documentação argentina (solicita ja no Brasil pra agilizar o processo) e quando chegar compra o carro. Acho que se tuh abrir uma conta no banco pode até parcelar, mas eu paguei a vista.
      Só fiquem atentos porque a mudança de documentação do carro, da Argentina pro Brasil sai muito cara.
      Mas os gastos de ir e ficar na Argentina um tempinho.

      Excluir
  2. Boa noite gostaria de saber por base quanto no chutômetro mesmo quanto mais o menos iria ficar para documentar um carro de aproximadamente 67.000 pesos comprado na argentina, aqui no brasil me disseram que ficam em torno de uns 50 mil isso é verdade ou pura especulação e quanto tempo demora para a documentação e o emplacamento ficar pronto (sem dar o famoso jeitinho brasileiro)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao sei se chega a 50 mil, mas sei que eh sempre no minimo metade (ou mais) do valor do carro.
      Eh meu amigo, isso eh o que o nosso pais faz pra prevenir que comprem de outros, para que possam continuar nos roubando.
      Sei de gente que fez isso, mas no final nao saiu diferente de comprar no Brasil. Infelizmente esse eh o nosso Brasil :(

      Excluir
  3. Qual carro você comprou? Quanto pagou na Argentina? Qual o valor que pagou pra documentar no Brasil?

    ResponderExcluir
  4. Uma multidão começa com 1. Nós temos que começar a nos unir na luta contra esses absurdos. Coloquem em suas redes sociais. Eu tenho certeza que fará resultado, como vários outros. Lembram-se dos caras pintadas?, do vem pra rua? Eu já estou fazendo a minha parte e convidando as pessoas, assim como na luta pela liberdade de escolher carros a diesel de passeio como em todos os outros países do mundo. Sou dono do blog www.carroadiesel.blog.br. Vamos nos mexer!

    ResponderExcluir
  5. Mas não é possível a cada 3 meses ir na Argentina e dar a entrada de novo. E só dar a saída na inmigración Argentina e dar a entrada na Federal brasileira. E a carta verde a rodoviária nem pede., por isso nem precisa pagar. Ai sai baratinho, só ficar renovando.

    ResponderExcluir
  6. ola ? boa noite, estou querendo compra um carro no uruguai, tem como ficar com o carro no brasil sem precisar fazer o tramiti de documentação? Porque isso sairia caro.
    se entendi então iria uma vez por ano no uruguai so fazer vistoria do carro e paga o equivalente ao IPVA?

    ResponderExcluir
  7. Existea saveiro cross lá? Não vi no comentario nenhum carro vw. Ela aqui custa 50 mil zero....em media! Lá sairia por quanto? Obrigado. Boa nt

    ResponderExcluir
  8. Pretendo morar na Argentina daqui a 2 anos, e tenho um carro ano 96 que pretendo levar junto.
    Lá também se paga IPVA ou outros impostos de carros antigos? Obrigado.

    ResponderExcluir
  9. Olá,gostaria de saber quanto eu vou gastar em media pra legalizar o carro no Brasil no caso um corolla.

    ResponderExcluir
  10. isso está me cheirando a informação falsa , diz q sai caro trocar o documento pro Brasil mais caro qto? e pelo q leva a crer não tem jeito de trocar só o doc tem q pagar o imposto de importação e demais taxas..não é bem assim, favor explicar melhor..

    ResponderExcluir
  11. tenho um carro da argetina quero sabe com que legalizo no brasil onde vou ver isso

    ResponderExcluir
  12. Temos muita informação sem respaldo legal aqui.
    1) a legislação brasileira não permite importar carro usado, salvo de colecionadores.
    2) se você reside fora do Brasil, mesmo em país fronterizo, você pode entrar com o veículo comprado no seu país de residencia por um período de até 90 dias, como turista.
    3) se você quiser trazer o veículo comprado lá fora para o Brasil em caráter definitivo, você tem que ser via importação, com pagamento de II, IPI, ICMS, PIS, CONFINS, etc; mas tem que ser veículo zero km. O Decreto aduaneiro prevê algumas exceções no caso de diplomatas, adidos militares, etc.
    4) para caracterizar a residencia no exterior, você precisará: fazer declaração de saída definitiva do Brasil (mesmo aplicativo da Receita para Declaração de Imposto de Renda), mudar o domicílio do seu CPF para o país de residencia; transferir o Título de Eleitor para o exterior (junto a representação diplomática mais próxima - Consulado Brasileiro). Mas tudo isso cai por terra se você continuar morando no Brasil, ou seja, fazer tudo isso e continuar morando no Brasil vai ter o veículo apreendido pela Receita Federal e não conseguirá recuperar mais. É prejuízo na certa e vai responder por crime de descaminho e evasão cambial.

    ResponderExcluir