julho 16, 2012

Aumenta Número de Roubos a Brasileiros em Buenos Aires


Cuidado! 
Consulado Geral do Brasil diz que atualmente pelo menos nove brasileiros são roubados em Buenos Aires, por dia. Em 2012 o aumento de relatos de furtos e até assaltos a brasileiros tem sido enorme.[...]






Na maioria das vezes, não são assaltos violentos a mão armada nem dana, são furtos, o que dentre os piores é o melhor, pois pelo menos não compromete a sua segurança.  Mas mesmo assim é extremamente revoltante ser roubado, ainda mais viajando de férias.

Conheço uma brasileira que já foi assaltada 4 vezes em um ano; e um outro caso de um casal de turistas que “perderam” os celulares logo no primeiro dia.

Eu mesma passei por um aperto, apesar dos casos a mão armada serem raros, comigo aconteceu. Eu estava namorando na rua, já era tarde, inverno, romântico; e bairros arborizados tendem a terem ruas mais escuras, mas eu não via perigo na situação. No entanto um sujeito com uma pinta de ladrão, com um casaco enorme e com a cara tapada com capuz e cachecol, só se via os olhos (apesar de ser comum andar assim no inverno, me pareceu suspeito) vinha na nossa direção e desconfiados o olhávamos com a conta do olho.  Quando o sujeito estava a uns 5 metros de nós, sacou uma arma. Por sorte a arma prendeu no bolso do casaco quando ele tentou tirar do bolso e a arma acabou caindo no chão. Nisso ganhamos 5 segundos para correr pelas nossas vidas. Quando ele recuperou a arma já estávamos longe, mas o susto foi enorme.  
A coisa está feia, brasileiro turista é roubado e brasileiro morador as vezes é passado para trás na hora de alugar apartamento ou levam golpes de taxistas, como já vi acontecer.

O caso é complicado, a pior parte é que às vezes não levam só dinheiro ou câmeras não, levam tudo que encontram pela frente e ai vai o documento do turista em bora. Com o documento perdido, suas férias já estão comprometidas, pois você terá que deixar alguns passeios de lado para ir ao Consulado Geral do Brasil, em Buenos Aires, para solicitar uma autorização de regresso ao Brasil. Olha que confusão. Imagina deixar de passear para ter que resolver problemas de documentação? Ninguém quer né?

Até para quem vive aqui é horrível perder documento, depois do sufoco para conseguir a documentação argentinaAno passado foram mais de três mil assaltos no ano, e isso só falando de documentos, sem contar roubos e furtos de celulares, relógios, dinheiro, câmeras etc. informação fornecida pelo Consulado Geral do Brasil em Buenos Aires, que recebe quase 10 queixas de furtos por dia.

Não é preciso nem disser que um dos pontos preferidos dos ladrões é a calle Florida. Inclusive acho que a prefeitura de Buenos Aires deveria tomar medidas com relação a isso porque o problema já está difamando no Brasil a fama da famosa rua Argentina. E muitos comércios da rua começarão a perder clientes.

Para quem quer ficar esperto e evitar roubo, sugiro (sei que é chato aplicar essa regra, mesmo de férias, mas infelizmente é a vida) que apliquem as mesmas regras de segurança que aplicam no Brasil (se você estivesse no Rio de Janeiro, por exemplo). E sugiro principalmente que fiquem de olhos abertos na Florida (não precisa deixar de ir) e a Avenida 9. Mais uma sugestão é consultar a página do consulado onde eles dão dicas de como prevenir essas situações. Vale muito a pena conferir pois eles recebem casos de roubos todos os dias, eles conhecem todos os tipos de casos e podem te dar palpites infalíveis.

Então fica ai a dica minha gente, não deixem de visitar e conhecer todos os pontos turísticos, mas visitem de olhos abertos, infelizmente. Hoje em dia, nem nas férias dá para relaxar. Acho que vale dizer que, não pense você que isso só acontece na Argentina não. Pode acontecer em qualquer lugar do mundo, e que no Brasil também acontece, com os turistas que vão para lá. Então nada de falar mal ou julgar, apenas abrir o olho.
Boa viagem!  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 comentários:

  1. A Corrientes e suas ruas transversais tb são um perigo! Furtos a turistas são muito comuns em Buenos Aires, até a filha do Bush foi furtada, e olha que ela estava com seguranças!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa não sabia dessa da Filha do Bush. O cara se atreveu a roubar a filha do Bush.

      Excluir
  2. Roubaram minha pulseira no SUBTE!Mas claro que isso não ia abalar minha viagem, estou voltando para ficar de vez. Amei Buenos Aires!E adoro as dicas desse blog.

    ResponderExcluir
  3. AS RUAS MAIS PERIGOSAS:
    01 FLORIDA
    02 CORRIENTES
    03 LAVALLE
    04 ESMERALDA
    05 SUIPACHA
    06 PERÓN
    07 RECONQUISTA
    08 ROQUE SANS PEÑA..
    .
    .
    Brasieliros olhos atentos..
    Nessa merda tá cheio de pilantras..
    e nem pensem em ir na Delegacia aqui..
    Os Putos Policiais Argentinos praticamnete tem a mentalidade
    que eles não trabalham pra assegurar a segurança de Brasileiros..
    então se roubados, ficamos fudidos mesmo!
    Português claro! É o que está faltando nesse Blog puxa saco da Argentina!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas, boa noite.
      Moro no Brasil, MG e estou pensando em passar umas férias em BA e por isso encontrei este blog e venho acompanhando sempre.
      Cara, eu me divirto mt com seus comentários, mas parece que vc é quase o único na perspectiva.
      De qq forma, seja forte. Afinal se vc esta aí deve ter um propósito nisso.
      Em virtude do meu serviço, idade dentre outras, eu não posso mais dar o luxo de mudar do Brasil, mas acredite: Aqui está um caos total e vão de mau, mal a pior...crianças de 14, 15 e 16 anos, matando por causa de 5 reais para comprar crack.
      Te segura aí, seja feliz e floreça onde agora está plantado.
      Boa sorte cara. Deus te abençoe.
      Tente simplesmente viver e nada mais, encontre uma boa esposa e crie por aí seus filhos e eu acredito que o maio número de bandido por Km quadrado está em Brasília. Acompanhe...

      Excluir
  4. Vu ficar na Florida agora me preocupei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa se preocupar, é só ficar ligada.

      Excluir
  5. Vou agora dia 1 de maio fiquei preocupado agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Weslei, nao precisa deixar de se divertir por causa disso. O blog esta ai justamente pra isso, pra alertar a gente. Entao eh soh ir, se divertir, mas sem dar bobeira igual europeu faz no Rio de Janeiro.

      Excluir
    2. Anônima estiva na Argentina a poucos dias atrás e quase fui roubada na Florida, só não fui porque o meu marido estava atrás e deu um grito com as tres argentinas e pegamos notas falsas de motoristas de taxi ou seja do Radio taxi da Argentina chamado pelo hotel que eu estava NH Latino, sem contar uma possivel desonestidade por parte de alguns comerciantes. Não indicaria a Argentina para ninguém.

      Excluir
    3. Poxa lamento ouvir isso :(

      Excluir
  6. Não vão para Buenos Aires pelo amor de Deus. Em junho tive minha bolsa e carteira furtados e a coisa só não foi pior porque o passaporte estava na jaqueta. Foram dias horrorosos, mas graças a Deus tudo deu certo e consegui voltar. Gente, ficar sem grana e sem documentos é uma das piores coisas do mundo e quase aconteceu isso comigo. Aliás, procurem não ir para qualquer país da América Latina porque o negócio tá feio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Furtos acontecem em qualquer país do mundo.
      Você como brasileiro(a) deveria é ter ficado esperto(a), mas deu bobeira.
      Contra assalto até não digo nada, mas furto? deu bobeira...

      Excluir
    2. Já fui roubado na Europa e agredido nos Estados Unidos (e detalhe, a polícia nem deu importância pro caso). Parem de achar que América latina é o único lugar onde coisa ruim acontece no mundo.

      Excluir
    3. Falar que a gente dá bobeira é fácil. E quando o furto ou roubo é num albergue ou num trem, já que tem muito brasileiro que vai de trem de um ponto ao outro da Europa e hospeda em albergue. Já teve muitos casos assim. O que mais tem impressionado é a grande quantidade de casos na Europa e Estados Unidos. A crise econômica que eles passam ajuda a aumentar esse problema, já que pode acontecer de um desempregado "virar a cabeça" e resolver furtar ou roubar. A recomendação que fiz com relação a Buenos Aires serve também para Os locais que já citei. Depois do que aconteceu comigo (me valeu como uma grande lição), não tenho mais vontade de viajar para muito longe, muito menos de avião (viajar para ficar preocupado com o que pode acontecer, de furto a possíveis acidentes, mais que no lugar onde você mora, é triste). Viajar longe, NUNCA MAIS!!!!!!!!

      Excluir
    4. Anônimo desculpa mas ser roubado você pode ser em qualquer lugar do mundo (seja viajando pra perto ou pra longe), pode ser raubado até mesmo dentro de casa.
      Não deixe de viajar por causa dessas coisas.

      Excluir
    5. A grande diferença em ser roubado perto de casa ou em outro país é a questão da distância. Quando me vi sem a bolsa e a carteira em Buenos Aires, a primeira coisa que pensei é: E AGORA???? Tenho que dar graças aos céus por não ter tido meu passaporte roubado, porque foi ele que me ajudou a sair do sufoco. Se eu tivesse meu passaporte roubado, com certeza o meu sufoco teria sido muito maior e teria que pedir todo o tipo de ajuda do consulado, inclusive ajuda para ir ao aeroporto, e pedido para que duas pessoas viessem me resgatar (meu prejuízo teria sido muito maior). Continuarei mantendo a minha palavra: viajar longe, NUNCA MAIS!!!!!!!!!

      Excluir
    6. Acho que se vc deixa de viajar, pra longe, eh voce quem sai perdendo. Tem muita coisa linda pra se ver, mas nao pode ser inocente. Siga as dicas do Soterius e voce vai estar bem.

      Excluir
  7. Na minha estada na Argentina ainda mais por ser na América Latina me preveni bastante pois ter "cara de primeiro mundo" naum quer dizer que eh tal. Vi muitos bairros feios em Buenos Aires no primeiro dia mas antes de ir tomei precauções jah prevendo esse tipo de caso. Não andei com documentos originais, somente cópias. Celulares levei meu smartphone mas na rua só levava apenas um podrérrimo Nokia 1208 já com carinha de velho e inútil kkkk Andava com pouquissimo dinheiro no bolso, deixava tudo dentro das meias dividido nos dois pés e cartão de crédito dentro da cueca KKKKKKKKKKKKKKK pode vacilar naum meu. Alias sempre que me comunico com um turista aqui em Manaus dou todas essas dicas.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite!
    Em junho de 2015 nos primeiros 30 minutos em Bariloche tivemos todas as nossas malas furtadas de dentro do veículo alugado, resultado, ficamos apenas com as roupas do corpo e tivemos que adiantar o retorno para o Brasil. Não se enganem Bariloche é extremamente insegura, você tem que tomar todos os cuidados como se tivesse andando nas cidades mais violentas do Brasil. estou apenas alertando para que outras pessoas não passem pelo que minha família passou. São dezenas de furtos e Roubos por dia. Dúvidas? Faça uma breve pesquisa na internet e você vai ficar horrorizado com a quantidade de brasileiros que foram vítimas de furtos lá. Só para vocês terem ideia quando fomos apresentar o fato a Polícia local já tinha um casal de brasileiros chorando, pois tinham sido vítimas do mesmo crime minutos antes. No dia seguinte voltamos a central da Polícia e havia outra família na mesma situação. São dezenas de casos por dia. O negócio não é brincadeira não.
    Mais informações acesse o blog http://barilocheaverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Boa noite!
    Em junho de 2015 nos primeiros 30 minutos em Bariloche tivemos todas as nossas malas furtadas de dentro do veículo alugado, resultado, ficamos apenas com as roupas do corpo e tivemos que adiantar o retorno para o Brasil. Não se enganem Bariloche é extremamente insegura, você tem que tomar todos os cuidados como se tivesse andando nas cidades mais violentas do Brasil. estou apenas alertando para que outras pessoas não passem pelo que minha família passou. São dezenas de furtos e Roubos por dia. Dúvidas? Faça uma breve pesquisa na internet e você vai ficar horrorizado com a quantidade de brasileiros que foram vítimas de furtos lá. Só para vocês terem ideia quando fomos apresentar o fato a Polícia local já tinha um casal de brasileiros chorando, pois tinham sido vítimas do mesmo crime minutos antes. No dia seguinte voltamos a central da Polícia e havia outra família na mesma situação. São dezenas de casos por dia. O negócio não é brincadeira não.
    Mais informações acesse o blog http://barilocheaverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir